Esse mês na História – Março

01/03/1915 – Falecimento do 1º Tenente Ricardo Kirk

O Tenente Ricardo Kirk foi o primeiro oficial do Exército Brasileiro a aprender a pilotar aviões. Foi brevetado em 22 de outubro de 1912, na École d’Aviation d’Etampes, na França.  Após seu retorno ao Brasil, participou do nascimento do Aeroclube Brasileiro, onde desempenhou o cargo de Diretor Técnico.

Ao deflagrar a Guerra do Contestado, na divisa do Paraná com Santa Catarina, foi convocado para conduzir operações aéreas em apoio às operações terrestres, tendo executado basicamente missões de reconhecimento.

Em 1º de março de 1915, cumprindo uma dessas missões, sob condições desfavoráveis de visibilidade, Kirk teve uma pane mecânica que, associada às condições meteorológicas marginais, acabou levando ao acidente que o vitimou.

O Tenente Ricardo Kirk é considerado o patrono da Aviação do Exército Brasileiro.

06-07/03/1894 – Ascensão com o balão dirigível Bartholomeu de Gusmão

 Em 6 de março de 1894 o inventor brasileiro Augusto Severo de Albuquerque Maranhão realizou, num galpão em Realengo (RJ), experiência de ascensão com o balão dirigível Bartholomeu de Gusmão, na qual o dirigível levantou do assoalho sete sacos de areia, num total de 142kg.  

No dia seguinte, 7 de março, realizou a segunda ascensão cativa do dirigível, em que a aeronave subiu a 8m de altura, com 560kg de lastro.

Saiba mais sobre essa incrível história

08/03 – Dia Internacional da Mulher

Com o ingresso das primeiras mulheres nas fileiras da Força Aérea Brasileira (FAB), em 1982, hoje elas são mais de 12 mil nas mais diversas especialidades e funções, distribuídas por todo o território brasileiro. Com uma participação crescente desde então, atualmente elas representam cerca de 25% de todos os postos de trabalho da FAB, exceto o serviço militar obrigatório, admitidas por meio de processo público de seleção.

Além das suas atribuições dentro da Força Aérea Brasileira, elas servem de inspiração para outras mulheres que desejam ingressar na carreira militar.

09/03/1912 – Voo São Paulo-Santos-São Paulo por Edu Chaves e Roland Garros

Em 9 de março de 1912 o aviador brasileiro Eduardo Pacheco Chaves (Edu Chaves) e o francês Roland Garros realizaram o voo São Paulo-Santos-São Paulo, cada um no seu avião.  Na ocasião o governo do estado oferecia um prêmio de 30 mil réis ao primeiro piloto que conseguisse esta façanha.

Antes da partida a aeronave de Roland Garros apresentou defeito. Mesmo sendo seu competidor, Edu Chaves ajudou-o a repará-la. Retornaram juntos no mesmo avião.

10/03/1917 – Primeiro voo noturno no Brasil

Pilotando um hidroavião Curtiss, o Tenente Virgínius De Lamare, da Aviação Naval, realizou o primeiro voo noturno no dia 10 de março de 1917, no Rio de Janeiro.

19/03/1946 – Criado o Curso de Estado-Maior da Aeronáutica

Com o término da II Guerra Mundial e com a experiência dela trazida, a Força Aérea enriqueceu-se com vários cursos e Escolas destinados ao aprimoramento de seus Oficiais.  Desse modo, com o objetivo de aperfeiçoar e preparar os Oficiais para a condução da Força Aérea Brasileira, foi criado, pelo Decreto nº 20.798, de 19 de março de 1946, o Curso de Estado-Maior, destinado à formação de Oficiais de Estado-Maior para a Força Aérea Brasileira.

23/03/1898 – Primeira ascensão aerostática de Santos Dumont

Santos Dumont, em companhia do aeronauta Alexis Machuron (também construtor de balões), realizou em 23 de março de 1898 a sua primeira ascensão aerostática. Saindo do Parque de Aerostação de Vaugirard, em Paris, e descendo no Castelo de Ozoir-La-Ferrière, propriedade de Alphonse de Rotschild, o evento durou uma hora e quarenta minutos de voo.

24/03/1900 – Criado o “Prêmio Deutsch de La Meurthe”,

Criado pelo grande industrial de petróleo Deutsch de La Meurthe prêmio que recebeu o seu nome, no valor de 100.000 francos, para ser disputado nos anos de 1900, 1901, 1902, 1903 e 1904, entre 1º de maio e 1º de outubro de cada ano.

O vencedor seria o primeiro aeronauta que, com um balão dirigível, cumprisse o percurso Saint Cloud-Torre Eiffel-Saint Cloud (11.000 metros), dentro do prazo de 30 minutos, sem tocar em terra, por seus próprios meios, e fizesse uma circunferência tal que nela se encontrasse incluso o eixo da Torre Eiffel.

Em 1901, Santos-Dumont, com seu dirigível Nº 6 cruzou a linha de chegada em 29m30s.

25/03/1941 – Criadas a Escola de Especialistas de Aeronáutica e a Escola de Aeronáutica

Apenas dois meses após o nascimento do Ministério da Aeronáutica, em 20 de janeiro de 1941, foram extintas a Escola de Aeronáutica do Exército e a Escola de Aviação Naval. Na ocasião, no dia 25 de março de 1941, foram criadas a Escola de Especialistas de Aeronáutica e a Escola de Aeronáutica.

25/03 – Dia do Especialista de Aeronáutica

Em deferência a data de criação da Escola de Especialistas de Aeronáutica, celebra-se no dia 25 de março o Dia do Especialista de Aeronáutica.  Esta é uma homenagem aos profissionais altamente qualificados que incorporam a Força Aérea Brasileira, executando as mais diversas atividades na área da aviação, como controle de tráfego aéreo, mecânica de aeronaves, pavimentação, dentre outras.

28/03/1949 – Criado o Curso Preparatório de Cadetes do Ar

Foi criado em 28 de março de 1949, por meio do Decreto nº 26.514, o Curso Preparatório de Cadetes do Ar, precursor da atual Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).

31/03/1889 – Inaugurada a Torre Eiffel

Construída pelo engenheiro francês Gustave Eiffel (1832-1923) como arco de entrada da Exposição Universal de 1889, ocorrida em Paris, a Torre Eiffel foi inaugurada em 31 de março daquele ano. Anos mais tarde, passou a ser um marco para a competição do “Prêmio Deutsch de La Meurthe”, que seria ganho por Alberto Santos Dumont, em 19 de outubro de 1901.